domingo, 13 de Julho de 2014

Sentir

Ao contrário do fim de semana anterior, neste ansiava por um dia de praia!
O nosso 1º dia de praia!
Já só pensava na hora de chegar à praia sentir aquele cheiro a maresia, o sol na pele toda, a areia quente no corpo e dar um mergulho no mar!
Assim que molhei os pés mudei logo de ideias quanto ao mergulho, estava tããão fria! Mas foi tão bom passear à beira mar; observar a vida que existe nas pequenas poças no meio das rochas e todas as suas cores, apanhar pedrinhas, ver as minhas filhas felizes a mergulhar nas "piscinas" e relaxar ( dentro do que vigiar duas crianças permite)...
Foi acima de tudo uma espécie de terapia sensorial, onde cada um dos sentidos era estimulado a cada momento pelos elementos e aperceber-me disso fez-me estar ainda mais atenta e aproveitar o mais possível o momento. 
Depois do almoço fomos até ao nosso Chão Verde descansar e para acabar o dia em beleza decidimos ir até à piscina da Praia das Maças.
Embora goste de ir à piscina de vez em quando, não sou grande fan, prefiro a praia, mas foi na piscina que tive um dos momentos mais zen dos últimos tempos. Pois é,  por incrível que pareça numa piscina cheia de gente, assim que comecei a boiar e submergi as orelhas o ruído deixou de se ouvir, sentia apenas aquele murmúrio liquido apaziguador, na cara sentia o sol e via apenas o azul do céu, com as mãos acariciava a água ( sabem a sensação?) e naqueles instantes consegui abstrair-me de tudo como se estivesse completamente sozinha a boiar num lago perdido no meio de um qualquer parque selvagem :)



Bom domingo!

segunda-feira, 7 de Julho de 2014

Literatura infantil - As duas estradas

Outro dos livros que comprei na Feira do livro, por sugestão do vendedor, foi este; não conhecia e fiquei encantada com as histórias e a forma como o livro está concebido, acaba por ser um livro dois em um!
Agora que muitos de nós já começam a ir de férias é uma forma engraçada de pensar por qual das estradas vale mais a pena ir, se por uma ou outra estrada ;)
Boas leituras e boas viagens, se for caso disso !

Fica aqui um sneak peek















sábado, 5 de Julho de 2014

Por aqui

Um dia cinzento em pleno mês de Julho é a desculpa perfeita para ficar em casa, de pijama e pantufas o dia inteiro.
Foi por isto que ansiei a semana inteira, secretamente até queria que chovesse, pois se estivesse sol sentia a obrigação de ir para a praia ou fazer um daqueles programinhas familiares outdoors que às vezes ainda me deixam mais cansada! Não é que não goste, mas simplesmente preciso de abrandar.
Para mim o sábado perfeito é dormir até mais tarde e ficar a preguiçar no meio dos meus livros e revistas, entretanto recebo a companhia do gato e das filhotas e fica-se um bocado na palhaçada!
Hoje foi dia de crepes para o pequeno almoço, ficaram uma bosta, todos estragados mas comeu-se tudo na mesma ( o creme Nutella salva!) a frigideira é que não teve salvação :p
Vi alguns episódios atrasados do Masterchef  Allstars, limpei o pó enquanto ouvia música e depois de um "Bacalhau à rei", (criado e preparado pelo chef cá de casa - caso não saibam é o meu marido quem cozinha cá em casa ;) ) fiz uma intensa sessão de "mapling", até me decidir a levantar o traseiro do sofá e experimentar fazer o bolo de cenoura deste livro maravilhoso que comprei recentemente.


Bolo de cenoura


A fotografia possível às 10h. da noite ... agora resta saber se ficou bom :)

Podem ver a receita aqui


Cake update :

It's a winner!! Estou muito satisfeita com o resultado, toda a gente que o provou o elogiou, é um bolo muito saboroso, húmido, com um agradável sabor a cenoura e noz e a cobertura de queijo creme torna-o mais leve. Provavelmente é um bolo mais adequado para o Outono/ Inverno mas com o tempo que se faz sentir não me parece uma escolha de todo desadequada ;)




quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Rir é o melhor remédio

Para quem às vezes tem de passar umas horinhas na sala de espera do centro de saúde ou hospital com os filhos, fica aqui a dica de como passar o tempo de forma divertida [caso não se importem de fazer figuras tristes ao pé de estranhos ;)].
Portanto vocês ficam sentados e a criança deita a cabeça no vosso colo, depois podem continuar a conversar enquanto acentuam alguns trejeitos! Garanto-vos que não vão ser só vocês a rir !!


Os acessórios são dispensáveis ;)

segunda-feira, 30 de Junho de 2014

Junho

Junho despede-se e leva com ele as cores dos jacarandás que embelezaram as ruas de Lisboa.
















Flor do jacarandá
Cai, leve no passeio
Céu d´outro mar sonhado
Chão de anilado estio (...)

Vitorino